Com o avanço tecnológico no setor automobilístico, é importante saber usar ferramentas que facilitem a resolução de problemas nos veículos modernos. Nesse sentido, o scanner automotivo pode ser bastante útil em oficinas e centros automotivos. 

Essa ferramenta é capaz de realizar uma leitura completa do sistema eletrônico do carro. Dessa forma, facilita o diagnóstico e permite maior agilidade e precisão no reparo. 

Por isso, entender como funciona esse aparelho pode facilitar (e muito!) o dia a dia de qualquer mecânico. Abaixo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre a ferramenta. Continue a leitura! 

Mecânico utilizando um scanner automotivo em uma oficina

O que é scanner automotivo?

O scanner automotivo é um aparelho utilizado para detectar problemas no sistema de injeção eletrônica dos carros, bem como informações sobre o seu reparo. Isso porque ele é capaz de identificar os parâmetros operacionais do veículo e corrigir eventuais falhas em tempo real. 

Por essa razão, essa ferramenta facilita, e muito, o dia a dia de qualquer mecânico. Afinal, cada vez mais os veículos possuem módulos eletrônicos que precisam ser acessados de alguma maneira. 

Para realizar a comunicação com esses módulos, o scanner automotivo conta com um software que rastreia todos os pontos do veículo. Em seguida, é gerado um código computadorizado que indica qual é o problema existente. Abaixo explicaremos melhor sobre o funcionamento desse aparelho! 

Como funciona um scanner automotivo?

Ao ser conectado ao carro, o scanner automotivo recebe todas as informações do sistema e o histórico de falhas. Assim, é possível saber se os sensores do veículo estão funcionando corretamente ou se é preciso corrigi-los. 

Após realizar a leitura completa do sistema e adquirir essas informações, o aparelho consegue informar qual é a peça que deve ser reparada. Alguns scanners além de apontar o código, informam onde está o erro e o que está acontecendo com a peça envolvida. 

Geralmente, o scanner automotivo utiliza um plug chamado OBD (On-boarding-diagnostics) ou OBD II nos modelos mais recentes. Todos os carros fabricados no Brasil a partir de 2010 já saem de fábrica com esse plug instalado. 

Ele funciona como um complemento ao scanner de carro e facilita a captação de informações mais precisas sobre o funcionamento do veículo. Ao ser conectado, ele faz a leitura de dados e parâmetros operacionais da injeção. Em seguida, apresenta no visor o código de falhas que devem ser corrigidas no sistema.

O scanner além de auxiliar na correção de falhas de leitura, também pode “zerar” o sistema, se necessário. Inclusive, pode montar novas estratégias de injeção eletrônica e avanço de ignição. 

Existem ainda modelos de scanner automotivo que estabelecem diagnóstico tanto para carros e motos, quanto para caminhões, ônibus e vans.

Quais problemas o scanner identifica?

Como visto anteriormente, o scanner automotivo é capaz de fazer uma leitura completa do sistema eletrônico do veículo. Dentre os principais problemas que esse aparelho é capaz de analisar estão: 

  • Consumo de combustível
  • Temperatura do ar e da água
  • Carga da bateria
  • Temperatura do carro
  • Rotação do veículo 
  • Nível de água no radiador 
  • Distância percorrida

Geralmente, os maiores problemas encontrados nos veículos são causados por combustíveis de má qualidade. Isso faz com que os sensores que têm contato direto com o combustível sofram mais. 

Por essa razão, é comum encontrar sensores de oxigênio (sonda lambda), bicos injetores e velas de ignição apontando defeito no scanner. Por isso, falhas no motor e dificuldade na partida do automóvel são problemas recorrentes para muitos motoristas.

No entanto, esses não são os únicos problemas que podem aparecer. Portanto é interessante fazer o diagnóstico completo para ficar atento a todos os sinais que o carro transmite. Com essas informações em mãos, fica mais fácil realizar a reparação das peças que apresentam problemas. 

Além do rápido diagnóstico, o uso do scanner automotivo também oferece outros benefícios. Veja só!  

Evita maiores danos

Quando uma luz de injeção acender, é sinal de que existe algum problema no veículo. Com a ajuda do scanner automotivo é possível verificar onde está o defeito com mais praticidade e precisão. Essa agilidade na busca pelo problema evita que maiores danos aconteçam.

Aumenta a vida útil do carro

Com o auxílio de um scanner é possível verificar com rapidez e eficiência quais partes do veículo precisam de reparos. Assim é possível realizar o reparo antes que outros problemas apareçam e prejudiquem o funcionamento do carro. 

Otimiza o tempo de serviço 

Com um scanner automotivo é possível avaliar todo o veículo com muito mais rapidez e precisão. Afinal, ele já apresenta os códigos de falhas que devem ser corrigidas no sistema.

Dessa forma, você consegue substituir somente as peças que estão com defeito, sem a necessidade de trocar peças que estão em bom estado. Isso otimiza o tempo de serviço e ainda melhora o rendimento ao longo do dia.

Geralmente, o scanner é utilizado quando uma luz do painel acende, indicando que algo está errado com o sistema do veículo. No entanto, ele também pode ser usado em revisões programadas de veículos. Afinal, ajudará a identificar qualquer eventual problema. 

Qual é o melhor scanner automotivo?

Por oferecer mais praticidade e precisão, o scanner automotivo é uma ferramenta bastante útil para o dia a dia na oficina mecânica. Por isso, é válido investir nesse tipo de aparelho para otimizar os serviços. 

Hoje em dia é possível encontrar diversos modelos de scanner tanto de marcas nacionais quanto importadas. Além disso, as principais fabricantes do mercado oferecem uma cobertura bem ampla da frota nacional. 

Em relação aos modelos, são muitos os disponíveis para atender às suas necessidades. Alguns, inclusive, são capazes de estabelecer o diagnóstico tanto de carros e motos, quanto de vans, pick-ups, caminhões e ônibus.

Aliás, alguns modelos mais modernos de scanner automotivo já possuem tecnologia bluetooth integrada em seus sistemas. 

Sendo assim, na hora de escolher, opte pelo aparelho que atenda as principais demandas da sua oficina e se encaixa ao perfil dos clientes. Além disso, verifique se os fabricantes oferecem treinamento sobre o uso do aparelho aos mecânicos, além de garantia de pelo menos um ano.

Na Escola do Mecânico, as unidades são equipadas com scanner da Texa do Brasil para os cursos de mecânica de motocicleta. Para os cursos de mecânica automotiva são utilizados os scanners da Snap-on. O aparelho é projetado para atender as necessidades do dia a dia de uma oficina. Para isso, permite executar todo tipo de diagnóstico em carros, comerciais leves, motocicletas, entre outros. 

Atualize seus conhecimentos com a Escola do Mecânico 

Com o avanço tecnológico no mercado automotivo é muito importante que os profissionais do setor busquem atualizações. Afinal, é preciso conhecer os novos sistemas, peças e acessórios para realizar uma boa manutenção. 

Além disso, é importante saber como utilizar as novas ferramentas e aparelhos que podem auxiliar na realização de serviços, como é o caso do scanner automotivo. Então, se você deseja ingressar nesse mercado, conte com a Escola do Mecânico! Aqui, você encontra diversos cursos profissionalizantes de qualidade na área da mecânica. 

Com aulas online e presenciais, nossos cursos ensinam na prática tudo o que o profissional precisa saber para resolver problemas mecânicos com precisão e segurança. Dessa forma, é possível aprimorar técnicas e se preparar para atender uma maior gama de serviços.

Assim, você entra no mercado de trabalho mais preparado e seguro para realizar as demandas que surgirem. Clique aqui e conheça mais sobre os nossos cursos!