Existem várias vantagens em aprender a fazer a organização de uma oficina mecânica. A primeira delas é que você garante uma maior fluidez no trabalho dos seus funcionários, que conseguem ter maior foco e objetividade em um ambiente com boa organização.

A segunda vantagem que vale a pena destacar é a impressão que isto causa nos clientes: uma oficina limpa e com uma distribuição ordeira dos equipamentos cria a sensação de que o seu trabalho também será assim.

Por fim, a terceira vantagem em pensar como organizar uma oficina mecânica está na redução e controle dos gastos. Ao criar processos para a organização do ambiente, é possível acompanhar de perto quanto material é gasto, em quanto investimento isso implica e se ele está sendo aproveitado da melhor maneira.

Agora que você já sabe porque essa conversa é tão importante, acompanhe abaixo 5 dicas valiosas sobre como organizar uma oficina mecânica para garantir todas essas vantagens. 

1. Atenção aos itens de segurança na organização da sua oficina mecânica

Antes de começar a desenhar como organizar uma oficina mecânica, é preciso pensar quais são aqueles itens prioritários, que não podem jamais estar escondidos, fora de lugar ou difíceis de encontrar. 

Elementos como equipamentos de proteção individuais e extintores de incêndio, por exemplo, precisam estar sempre visíveis e devem permitir o acesso rápido. Por isso, antes de começar a pensar em bancadas, estantes e carrinhos móveis com equipamentos, pense em como essa organização pode ser feita ao redor dos itens de segurança.

2. Organizar significa cada coisa ter o seu lugar

A segunda dica sobre como organizar uma oficina tem a ver com a distribuição dos equipamentos e a sinalização. Vamos por partes – literalmente!

Crie setores dentro da oficina para uma melhor organização

Ao criar áreas específicas onde cada serviço é feito dentro da sua mecânica, você garante que os seus funcionários consigam dar conta de mais atendimentos ao mesmo tempo e trabalhem seguindo processos mais organizados.

Por isso, setorizar as áreas de cada trabalho é uma boa ideia de como organizar uma oficina mecânica. Separe zonas para inspecionar os automóveis que acabaram de chegar para orçamento, para alinhar e calibrar pneus, para inspecionar peças que foram retiradas, entre outras necessidades.

Pense no posicionamento das ferramentas e equipamentos

A melhor forma de garantir que os seus funcionários não tenham de andar pela mecânica à procura de equipamentos é garantir que eles sempre possam ser encontrados no mesmo lugar. 

Por isso, estabeleça onde cada equipamento deve estar posicionado na organização da sua oficina, instalando estantes, ganchos ou painéis para pendurar ferramentas e comprando caixas organizadoras, por exemplo.

Além disso, para reduzir ainda mais a perda de tempo dos seus funcionários, deixe cada ferramenta próxima da área onde ela é utilizada. E, se houver ferramentas que terão de ser compartilhadas por mais de um setor de trabalho, pense em carrinhos móveis, que possam ser deslocados dentro do ambiente da mecânica sem deixar a organização de lado.

Aposte na sinalização para deixar clara a organização da sua oficina mecânica

Para estimular que os seus funcionários automatizem comportamentos que mantenham o ambiente de trabalho organizado e respeitem a setorização, sinalize com placas e etiquetas o que deve ser posicionado onde.

Caixas organizadoras devem receber etiquetas grandes, que mostrem qual é o seu conteúdo. As estações de trabalho devem ter o seu objetivo sinalizado com placas. É possível também criar um esquema de cores, de forma que uma mesma cor seja encontrada na ferramenta e na estação na qual ela é utilizada. Líquidos e materiais sem rótulos devem ser sinalizados, para que os mecânicos saibam para que servem e até quando estão válidos.

Quanto mais óbvia a distribuição, melhor. Assim, os funcionários sempre saberão para onde cada equipamento precisa retornar.

3. Garanta que o trabalho de manutenção seja feito com frequência

Quando o trabalho de manutenção dos equipamentos da sua oficina é feito frequentemente, você evita o atraso de serviços dos seus clientes por conta de mau funcionamento de qualquer maquinário.

Por isso, não basta que cada ferramenta esteja à disposição dos mecânicos por quem é utilizada, elas também precisam funcionar adequadamente. Isso inclui manter as ferramentas limpas, lubrificadas e com parafusos e porcas apertados, por exemplo.

Além disso, outro ponto importante de como organizar uma oficina para o funcionamento ideal também tem a ver com os equipamentos, mas do ponto de vista da sua atualização.

É preciso acompanhar quando uma ferramenta ou equipamento deixou de ser útil por conta de mudanças nas tecnologias dos automóveis, de forma que você possa abrir espaço na oficina e investir na compra de novos maquinários, mais modernos e necessários.

4. Cuide da parte estética da sua mecânica para atrair clientes

Parte da sua preocupação com como organizar uma oficina deve passar também pelo aspecto visual do espaço. Afinal, os seus clientes com certeza não querem se sentir em um local sujo ou desorganizado quando forem deixar a sua propriedade para consertar.

Essa má impressão gerada pelo espaço pode ser refletida na opinião que o cliente forma sobre o seu negócio, desmotivando ele a apostar nos seus serviços ou fazendo com que ele desconfie da qualidade do seu atendimento. 

Por isso, toda organização, limpeza e padronização visual é bem-vinda.

Vale distribuir uniformes para os seus mecânicos trabalharem confortavelmente e com as cores do negócio, por exemplo. Vale ainda estabelecer processos de limpeza com os colaboradores, de maneira a evitar manchas de óleo ou graxa espalhadas pelo ambiente. É também absolutamente necessário manter a organização da sua oficina mecânica, devolvendo ao lugar indicado cada equipamento usado.

Além disso, pense, se possível, numa forma de oferecer um ambiente com água, café e assentos onde os seus clientes possam ser atendidos longe da graxa, do óleo e do barulho, com tranquilidade e conforto.

5. Faça um inventário do material utilizado

Outra maneira para uma boa organização de uma oficina mecânica tem a ver com o inventário dos materiais utilizados no trabalho. Para ter um controle completo sobre quanto e onde está sendo investido o seu capital, é importante contabilizar o que é comprado, onde é armazenado e com qual frequência cada material deve ser reposto.

Isso pode ser feito através de um software de controle de estoque ou contar o seu inventário manualmente, através de planilhas para oficina, pensadas para organizar as atividades deste tipo de negócio.

Seja nas planilhas para oficina ou no programa especializado para esse fim, o objetivo desse controle serve para poder prever no longo prazo os seus gastos com esses materiais, além de conseguir calcular o momento certo para fazer novos pedidos, de maneira que nenhum material necessário aos seus serviços fique em falta.

Agora que você sabe tudo sobre como organizar uma oficina, que tal continuar a ler sobre as formas de melhorar a produtividade do seu ambiente de trabalho? Confira os nossos artigos sobre 6 dicas para administrar uma oficina, as ferramentas que não podem faltar na sua mecânica e porque investir em treinamento para os colaboradores da sua empresa. Boa leitura!

Se você precisa organizar melhor a sua oficina, entre em contato com a nossa equipe, para um diagnóstico completo!